Flamengo joga mal e fica no empate com Madureira

 

Foto: Fim de Jogo
Foto: Fim de Jogo

Era o jogo para manter a liderança do Carioca antes do primeiro clássico do Estadual. Porém, o Flamengo esqueceu de combinar com o Madureira, levou um sufoco do tricolor suburbano, em Volta Redonda, e ficou no empate em 1 a 1, caindo para a segunda posição do torneio. Com alterações no time (Bressan e Cáceres) devido a problemas de suspensão e lesionados, o time de Luxemburgo não foi bem na tarde deste domingo e não conseguiu superar o Madureira. O tropeço deixou o rubro-negro na segunda posição com 14 pontos. O tricolor, com 11, é o sexto.

 

Na próxima rodada o Flamengo tem o clássico com o Botafogo, no Maracanã, que pode ser a despedida de Léo Moura do clube. A partida será no domingo que vem, pois antes o rubro-negro estreia na Copa do Brasil diante do Brasil de Pelotas/RS. O Madureira encara no sábado o Nova Iguaçu.

 

Quem pensou que o primeiro tempo seria fácil para o Flamengo, se enganou. A equipe da Gávea teve dificuldades diante do Madureira, que marcou bem e complicou para o rubro-negro nos primeiros 45’ de jogo.

 

O tricolor suburbano começou dando trabalho a Paulo Victor, logo aos 5’. João Carlos mandou na trave. O Flamengo respondeu na mesma moeda. Aos 16’, foi a vez do chute de Everton encontrar a trave adversária.

 

Mesmo com a bola na trave, o Flamengo seguia com problemas. Apesar de ter mais posse de bola, criava e finaliza pouco; além de não conseguir se desvencilhar da boa marcação do Madureira. Para piorar, ainda viu a equipe tricolor sair na frente do marcador. Aos 35’, Luiz Paulo acertou um belo chute de fora da área, que bateu na trave antes de morrer no fundo das redes de Paulo Victor.

 

Com a desvantagem no placar, o Flamengo precisava partir para cima. Porém, o que se viu foi um Madureira mais agressivo na etapa complementar e o rubro-negro com ainda mais dificuldades de encontrar os espaços.

 

Luxemburgo pôs Eduardo da Silva, Nixon e Arthur Maia para tentar uma reação. A equipe tinha mais posse de bola e pressionava, mas o Madureira muito bem postado se segurava lá atrás e tirava todas.

 

Depois de muita pressão, o empate do Flamengo finalmente veio aos 29’, em lance polêmico. Bressan aproveitou e desviou para o gol. O goleiro tentou tirar, mas o árbitro validou. Os jogadores do Madureira reclamaram muito que a bola não entrou.

 

A partir do gol de empate, o Flamengo partiu para cima em busca da vitória e o Madureira passou a apenas se defender, e tentar surpreender no contra-ataque. Já nos acréscimos, o Flamengo balançou as redes com Eduardo da Silva, mas o árbitro já marcava impedimento do atacante.

 

 

 

 


Deixe uma resposta