Em mais um duelo polêmico, Vasco bate o Fla e é finalista do Carioca

FLA X VASCO2

Mais um Flamengo e Vasco decisivo. O rubro-negro com a vantagem e o cruzmaltino precisando vencer. E o que se viu foi um Vasco melhor do que o Flamengo na maior parte do jogo, que foi decidido em um pênalti polêmico a favor do Vasco no segundo tempo. Mas esse não foi o único lance para abrir parênteses na partida. Também no segundo tempo vascaínos reclamaram uma bola defendida por Paulo Victor que, segundo os jogadores, teria entrado. Em meio às polêmicas, Gilberto garantiu a vitória cruzmaltina por 1 a 0 e o Vasco decide o Carioca contra o Botafogo.

Era o Vasco que precisava da vitória. Por isso, o time de São Januário começou o duelo pressionando o Flamengo e partindo para cima. Com mais posse de bola, o time de Doriva usava a sua maior arma: as bolas paradas. Rodrigo teve duas boas chances em cobrança de falta. Porém, depois da pressão inicial, o Vasco viu o Flamengo equilibrar as ações.

Jogando no contra-ataque, o rubro-negro aos poucos foi colocando a bola no chão e chegando com perigo a área vascaína. Na primeira chance contou com a ajuda da defesa cruzmaltina. Luan vacilou na frente de Everton e quase comprometeu Martin Silva.

O lance fez o Flamengo crescer no jogo, e a partir daí o rubro-negro passou a ter mais a bola e criar mais chances do que o Vasco. Aos 25`, no contra-ataque, Everton avançou e cruzou. Porém, ninguém apareceu para finalizar a jogada. Quatro minutos depois, Luiz Antônio teve a chance em cobrança de falta, assustando Martin Silva. Mas a melhor chance do primeiro tempo veio aos 30`.  Alecsandro, dentro da pequena área, chutou e obrigou Martin Silva a fazer “a” defesa da etapa inicial.

No final da etapa, o Vasco voltou a assustar. Em sua primeira chance com a bola rolando, já que as outras oportunidades foram em bola parada, veio em uma cabeçada venenosa de Rafael Silva, que passou por cima do gol de Paulo Victor.

Mas, se não tiver polêmica, não é Flamengo e Vasco. Logo no início do segundo tempo, falta a favor do Vasco e Rodrigo tenta aproveitar de cabeça. Paulo Victor cai em cima da bola e os vascaínos reclamam que a bola entrou.

Se os vascaínos reclamaram aos 7`, aos 15`foi a vez dos rubro-negros reclamarem. Serginho, na dividida com Wallace, cai na área e o árbitro marca pênalti. Gilbertou cobrou e abriu o placar. Na comemoração o jogador subiu na grade para comemorar com a torcida e, pela regra, teria que ter levado o amarelo. Como já tinha um, consequentemente receberia o vermelho. Porém, o árbitro nada deu.

O panorama do jogo após o gol era um Vasco mais organizado e pressionando, e um Flamengo nervoso e sem conseguir chegar com perigo. Em uma das poucas vezes que chegou, parou em Martin Silva. Em uma delas, Gabriel perdeu uma chance incrível.

No final do jogo o que teve foi muita raça e pouco futebol. O Flamengo tentava como podia e o Vasco assustava quando chegava. Ao apito final: festa vascaína!


Deixe uma resposta